26 de ago de 2015

Até Quando?


Até quando?

Até quando vamos nos manter nessa falsa “zona de conforto”, falsa sim, pois ficamos assim sem fazer nada, sem agir, sem atitudes, mas reclamamos do salario, da inflação, do politico corrupto, do vizinho que tem a mulher mais bonita, da grama mais verde, que a luz ta cara, e não para as lamentações e a falta de atitude acompanha essa reclamação.

Mas até quando você vai ficar ai parado, sempre em frente a TV, que te empobrece, sim empobrece sua alma, seu caráter, sua ética, seu bom censo, e provavelmente destrói sua alto estima, pois tirando o 1% da população que tem a vida igual as novelas e conceitos de vida que se vende a todo momento, nós somos o que? Aberrações? Alienígenas sem duvida, pois a vida que me mostram ser a “certa” eu não tenho e sei de uma grande maioria que não as tem também.

Então é o seguinte, estou aqui para dar a cara a tapa, ser o início de uma mudança sem fim, sim sem fim pois devemos evoluir sempre, nossos conceitos, nossas atitudes, nossas ações devem sempre evoluir para o desenvolvimento de todos.

Agora penso nos “políticos” quem são estes seres que se “sentem” especiais, pois não tem outro ser no planeta que se sinta tão Super Herói e Magnífico quanto um político, pois assim que assumem qualquer tipo de poder, digo ainda que depois que entra ¨blausblaus¨ nunca mais sai, e assim que entra ocorre algo “sobre natural” eles mudam e ai o que realmente acontece que eles esquecem pelo que devem lutar e representar, foi o voto popular que os elege-o, foi a escolha do povo que o fez político, agora tente ir num gabinete ou em algum departamento publico e tente falar com alguém de cargo alto, “políticos em geral”, participar de uma assembléia ou ações publicas, quem vai? Você? 

Ao menos conhece alguém que vá? Não claro que não! Ninguém se importa, ninguém nem lembra em que politico votou na ultima eleição, poucos sabem o que é ser um Cidadão, nossos deveres como membros de uma comunidade, ah e claro que se você for ele não vai te atender...

Falamos dos  políticos e reclamamos da inflação, mas o que fazemos para mudar? O que você ai agora esta fazendo ou pensando para mudar, para desejar ao seus filhos e a todos uma vida digna, uma vida para evoluir e viver e não apenas sobreviver.

Ta na hora de dizer um basta, a corrupção, ao político corrupto, ao policial bandido, ao empresário ladrão, ao cidadão malandro, chega de dar um jeitinho, chega de aceitar o errado, de ficar calado, chega de ver nossos filhos sem futuro, sem saúde, sem educação, sem diversão.

Funcionários públicos que ali chegam para ter um trabalho de mordomias, “a se eu não fizer nada de errado não sou demitido”, e ai temos os atendimentos que merecemos, em departamentos públicos, postos, onde parece que estão ali fazendo o maior favor do mundo, hora estão ali para isso mesmo nos atender, atender ao cidadão, o que falta para que as pessoas percebam que estão vivendo uma fantasia, a qual ninguém parece querer acordar, basta, vamos mudar isso, estamos no Brasil, um pais que é a maior potencia do planeta em diversas áreas, detêm as pessoas mais comprometidas e fortes que eu conheço, vamos fazer um pais digno, levantar esta bandeira e gritar aos quatro cantos do mundo, que aqui não sera mais um pais do “oba oba”, não seremos mais o pais para os “gringos”, as praias, as matas, os pampas e o serrado são nossos, a Amazônia é nossa sim! E sempre foi! E sempre será!

Vamos ao senado, vamos as cameras dos vereadores, vamos aos tribunais e assembleias, vamos na prefeitura, vamos ao Presidente se precisar, nosso pais quer educação, quer saúde, e quer dignidade a seus patriotas, e cidadãos.

Nosso pais tem um dos maiores potenciais econômicos do planeta, tem uma das maiores áreas produtivas do planeta, detentor de tecnologias e recursos, somos uma das maiores potencia! Mas não basta somente eu sonhar, ou falar, devemos sonhar juntos, devemos “acordar” juntos, vamos fazer desse pais um pais digno, vamos recriar o Brasil!

Sem corrupção, fixa limpa é o básico e simples, ou é ou não é!

Sem jeitinho, sem subornos, sem uma mão lava a outra.

Sem salários absurdos, jogador de futebol ganhando milhões? Como assim? Tudo bem futebol é show de bola, é esporte, é diversão, sim fantástico, mas? Milhões?

E os professores que irão educar nossos filhos e  a nos mesmos? Estes devem ganhar salários base? Hum sei..

E os médicos de postos de saúde, também devem atender zilhões, sem recursos e ganhar uma mixaria, humm sei..

Os policiais devem proteger, cuidar de tudo, enfrentar a corrupção, o suborno os grandes mafiosos, e ganham salários base, humm sei...

Voces percebem que os valores estão meio que trocados!

Apresentadores de tv ganham milhões, jogadores ganham milhões, modelos, astros, atores, músicos, humm.... isso tudo é muito legal, mas e a igualdade de oportunidades e crescimento conjunto ficou para trás, valores devem ser retomados, não é julgar classes de trabalho, mas valorizar as que atendem o bem estar das pessoas, e não somente o “pão e circo”, a degeneração do ser, perante o controle das informações e influencias modistas.

Vamos nos cercar de estudiosos, de pessoas cultas, capazes de coordenar um pais e seus estados a fim de prover o crescimento de todos, sem prejudicar a ninguém, sem tirar de ninguém, mas inciar um novo pais onde a distribuição é justa e igualitária a todos.

Saúde, educação, segurança, alimento e lazer a todos!

Vamos todos acompanhar esta administração, vamos ajudar o pais a crescer, vamos nos unir a fim de juntos criar uma nação que nossos filhos e futuros se orgulhem desse momento, onde toda uma nação resolveu dizer “BASTA”.

Um pais governado por todos, representado por pessoas dignas, sabias e dispostas a fazer historia, vamos dar um basta a tudo que é ruim neste pais.

Eu pergunto para você agora.

Ate quando?

Ate quando você não vai fazer nada?

Ate quando não vamos dar ouvidos e esse grito que o País nos faz ele pede SOCORRO a muito tempo, então deem ouvidos a vocês mesmos, e a outros muitos que igualmente desejam e acreditam neste pais de sucesso, acreditamos no Brasil.

Eu sou Brasiliano com muito orgulho.

Sou tão Brasiliano quanto sou brasileiro.

Me chamo Rodrigo Miranda e aqui me disponho a ajudar esta pais que chamo de meu! Quem ira se unir a mim, ou daqui um tempo você vai se perguntar, “ate quando?”

R.M.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!