1 de out de 2011

as pessoas banalizam as palavras igual fazem com os sentimentos



Incrível é o ser Humano.
não existe nada no mundo mais surpreendente que as atitudes, que cada um de nós é capaz
quando achamos que sabemos de algo, ou simplesmente acreditamos em alguma coisa
ai vem a surpresa e vimos que nada é como imaginamos
bingo!
mais uma surpresa
na verdade até se eu for realmente pensar não me surpreendo com mais nada
pelo simples fato de que acredito que o ser Humano é capaz de qualquer coisa
o que sei é que aquilo que acredito não existe no mundo em que eu vivo

se você diz que realmente ama mergulhar, que mergulhar é a coisa mais linda e maravilhosa do mundo, que é o lugar onde você se sente muito bem, que sempre que está mergulhando tem a melhor sensação do mundo, e tudo mais de grandioso que eu poderia escrever aqui, e ai um dia você vai mergulhar e por uma fatalidade do momento, um descuido, ou  simplesmente por intervenção de alguém, um acidente acontece, e digamos que você perdeu a sua mão esquerda... fatalidade mesmo! horrível de fato, algo trágico e sem dúvida muito doloroso e que jamais você desejou, mas agora me responda!
simplesmente você não ama mais mergulhar? não é mais a coisa mais linda do mundo pra você? nunca mais você vai querer entrar no mar? o mar se torna imediatamente a pior coisa pra você?
ok, onde eu quero chegar com isso?
simples
bem simples,
Hoje você diz que adora algo, que ama tal situação? e por um acontecimento você larga tudo, você simplesmente muda sua forma de pensar, então será que você estava sendo sincero com você mesmo? será que aquilo era mesmo tão importante pra você?
claro que não!
as pessoas banalizam as palavras igual fazem com os sentimentos.
ou são tão inconstantes que jamais saberão o verdadeiro significado do que é gostar, do que é dar valor ao que se gosta.
quero ter um filho! o filho nasce e não é loiro de olhos azuis, ai você diz, ahh não quero mais!

para muitos assim é a vida!
no primeiro sinal de desconforto largamos tudo e pegamos o próximo!

epa! SImmmm, todos temos o livre-arbítrio e sempre temos a escolha, não me refiro a isso e sim a banalização das palavras.

Escolhas eu faço as minhas e você?

R.M.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!