13 de mai de 2011

A diferença entre, Nós e Eu.

              Hoje vou falar um pouco sobre relacionamento, algo que sempre quando estamos lendo nos deparamos com um fato que alguém esta vivendo, que nós já passamos ou também estamos vivendo e isso que deixa tão dinâmico e interessante este assunto, mas nunca é pouco lembrar que não existem regras no relacionamento, cada pessoa tem suas particularidades, defeitos e qualidades, eu resumo um relacionamento como uma dança para um casal que nunca dançou junto aos poucos vai acertando os passos, o ritmo vai ficando bom, a pegada fica mais segura, vem à confiança, respeito, os passos já ficam parecidos e ambos conseguem um complementar o outro, no relacionamento é o mesmo, aos poucos vamos aprendendo a viver ao lado da pessoa que estamos. Como já falei aqui antes;
Não existe o perfeito e sim o que fazemos ser perfeito para nós!

Então o assunto hoje é o famoso “NÓS” x “EU” que vivemos em nossas relações ou seria na minha relação? Ta vendo tudo depende do ângulo que você vê as coisas.

Mas claro tem coisas que na relação é “eu”, “meu”, “para mim” e não “nós”, ”nosso” ou “para nós”, mas é ai que devemos ter muita atenção, pois um simples erro gramatical assim pode mostrar muito sobre o que você esta vivendo, ou melhor, “vocês”.

Quando alguém lhe convida para ir a algum lugar, como você responde: 
  • Sim “eu” vou!   ou   Sim “NÓS” iremos!, ou você pergunta: “da pra levar o namorado” ou isso nem chega a passar pela sua cabeça?
Sempre que você esta em algum lugar e vai pedir algo, você:
  •  Já vai escolhendo e pensando no que você quer ou a primeira coisa é você perguntar para a pessoa que esta com você o que irão pedir?
Você esta no mercado fazendo compras:
  • Você consegue analisar tudo que você vai fazer junto com a sua namorada (o) e compra pensando em vocês, ou vai direto comprar o que “Você” precisa e na fila do caixa você lembra que podia pegar algo para vocês beberem ou comerem juntos?
Quando aparece um evento, show, cinema, viagem:
  • Você já pensa na hora: “nossa não posso perder, vou ver se meus amigos vão”, ou “vai ser muito bom eu e minha namorada ir neste show, vamos aproveitar muito, e podemos ainda chamar alguns amigos”.
Acontece uma mudança em sua rotina, viagem, trabalho, família, você;
  • Pensa na hora que isso vai estragar o que você tinha planejado com sua namorada, ou “que droga, isso não vai ser bom para nós!” ou simplesmente você pensa em tudo que isso ira te afetar e nem se lembra da namorada.
Existem diversos outros exemplos, mas ficaria extenso demais tentar expor todos aqui, são diversas as formas onde este tipo de egoísmo que existe nos relacionamentos são vistos, mas são muito bem notados pelas pessoas que vivem com estas pessoas, simples gestos no dia a dia mostram muito sobre elas.

O ponto onde quero chegar é que se você assume uma relação, divide sua vida com esta pessoa e assumiu isso, então já não é mais só “você” agora é “nos”, foi a sua escolha, claro que devemos sempre acima de tudo, também pensar sempre em nós mesmos, nas coisas que gostamos e desejamos, nossos conceitos e tudo mais, o que digo é que agora você assumiu esta relação, aprenda a compartilhar, conversar, dividir, ouvir, e já que você escolheu alguém para estar ao seu lado, lembre sempre que esta pessoa estará ali quando você precisar, que é esta pessoa que ira lhe cuidar quando estiver doente, ira zelar pelo seu sono, te dar conselhos, um ombro amigo para chorar, ira cuidar da sua saúde, lhe acompanhar aos 70 anos ao mercado, vai te apoiar no seu trabalho e seus projetos, te dará amor e prazer, será seu companheiro em todos os momentos e os beijos mais ardentes, mas... Se esta pessoa não é para isso então esqueça mesmo o “Nós” e relaxe.

A dica do Analista hoje é a seguinte:
Aprenda a viver o “Nós” se a relação for para valer ou esteja sempre disposto (a) a compartilhar a sua própria companhia.

R.M.

Um comentário:

  1. Oow Rodrigo muito bom... concordo plenamente, quando todos entenderem que não existe o perfeito e compreender o outro como ele é talvez ñ haja tanto desentendimento nem tantos relacionamentos fracassados.
    Beijos

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário!