29 de jul de 2013

Amadurecer



Muitos de nós durante anos buscamos respostas, uma razão, uma explicação, algo que justifique nossas vidas, acontecimentos, tragédias, bênçãos, realizações, sorte ou azar.

Repito aqui um trecho de um vídeo que assisti muito conhecido na internet, “wear sunscreen”, onde o interlocutor diz algo tipo; “conheço pessoas com mais de 40 que ainda não sabem o que querem ser”, outro momento ele diz; “se você souber como não guardar mágoas, me ensine”.

Por que eu comentei isso? Simples, não devemos buscar motivos ou razões para nossas vidas ou acontecimentos, viver já e um grande motivo e digo mais, muito difícil e único, cada um de nós é um ser, com sua vida, seus acontecimentos, sua visão, suas escolhas.

Claro que nossa vida não deve ser basear unicamente no “conceito” que a sociedade insiste em impor, onde faz de nós mercenários e consumidores; estudar para se qualificar, trabalhar para pagar as prestações do carro e da casa que muitas vezes é só alugada, casar e ter filhos, envelhecer sendo respeitado pela sociedade pelo que você tem e não por quem você é!

OK!

Mas onde esta o incentivo a intelectualidade, o compromisso como cidadão, a hospitalidade no trato com as pessoas, a filosofia, o valor sobre as coisas não materiais, o relacionamento sem interesse, as amizades verdadeiras, o respeito e elo com a família a visão no universo que nos envolve.

Muitas coisas foram criadas para que alguns provessem o controle, o medo, a dependência, as regras, religião, politica, governo, armas, vícios, grupos, etnias, raças, status e muitos outros atributos e artifícios, mas o que cada uma dessas “coisas” fazem?

Dividem, separam meios, povos, nações, criam medo, inimigos, regras, castigos, punições e dívidas.

Nunca fomos tão controlados, podados e iludidos, somos vendados o tempo todo e muitas vezes manipulados.

Pense comigo, resolvo me desligar de tudo, do sistema e simplesmente viver, eu posso?

Não!

Pois hoje se você quiser viver isolado, buscar sua sustentabilidade, se desligar do capitalismo e das “coisas” as quais somos escravizados desde que nascemos, primeiro você tem que ter poses, muito dinheiro, suficiente para poder se isolar, pois sem os recursos como você vai viver, onde?

Hoje ate para sair do sistema, primeiro você precisa participar muito dele.

Então agora pergunto, podemos mesmo fazer nossas escolhas sem a interferência do meio?

Creio que não!

E mesmo assim sempre teremos a liberdade da escolha, sendo esta sempre influenciada pelo todo.

Amadurecer não é simples e nem nos ensinam na escola ou em casa.

Além que o bonito para mim aos seus olhos pode ser feio.

Sábios eram os Espartanos, que estes sim, preparavam e educavam seus filhos para a vida.

Quem sabe não devêssemos voltar um pouco os nossos sentidos primitivos.

Vamos parar um pouco de buscar, parar de simplesmente fazer isso ou aquilo, comprar, ter, ser por que é a moda, vamos buscar sim nossa essência, mas com sabedoria, vamos usar nosso intelecto, mais alguns “por centos” da nossa inteligência esta que nos diferencia dos animais.

Quem eu sou? Por quê? Para cada um de nós esta resposta é diferente!


O fato é que agora eu amadureci sou o Homem da casa e estou buscando as minhas "respostas".

R.M.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!