7 de ago de 2013

O Lixo que não tem Dono.




       Sou apenas mais uma das pessoas que está sempre viajando de carro por este nosso maravilhoso e lindo País, principalmente na região sul entre Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, paisagens de uma beleza única, estradas onde podemos mesmo contemplar a riqueza e grandeza de nossas terras. 

       Algumas fazendas lembram filmes e contos de tão belas e cuidadas, dizer que já vi o pôr do sol mais lindo é impossível, já vi no alto da serra, na beira do mar, em campos de trigo, em Santo Antonio de Lisboa (Floripa), em alto mar, na estrada, em quintais de beleza bucólica, mas seria muito difícil escolher o mais belo, nas estradas já parei dezenas de vezes para contemplar um pôr do sol e nestes momentos que percebemos o quanto somos ofertados pelo universo e esta natureza que nos rodeia.

Mas onde você parar olhe bem para o chão ou próximo e o que veremos?

Sujeiras, lixo humano, ou diria de porcos!

Mas ai estamos sacaneando com os pobres porcos que não são eles os que sujam e sim nós humanos, seres pensantes.

É incrível que ainda em tempos de hoje com muita mídia, comunicação constante, apelos de sustentabilidade, moral social, educação cada dia mais cara e o  que eu vejo?

Sujeira e lixo pra todo lado!



Nossas ruas, muitas são uma vergonha, ainda vejo lixos saindo voando por janelas de carros, ontem mesmo presenciei esta cena medonha.

Pessoas que a poucos passos de lixeiras jogam seus lixos no chão.

A poucos dias  no estacionamento de um grande mercado aqui, Pai e Filho voltando para o carro depois das compras, cena linda, alegre, descontraída, super família mesmo, tava bonito de se ver, até que a criança joga no chão um pacote destes de "fast food", com restos de comida e papeis, ali mesmo, simplesmente soltou o pacote no chão, olhei para os dois, o Pai da criança chegou a me olhar nos olhos, ai pensei, pronto agora ele vai pegar o pacote e ensinar o filho que deve colocar no lixo, afinal tinha um bem pertinho deles, mas para meu espanto e assombro, ele chutou o pacote mais para o lado e olhou para o lado como se não tivesse feito ou visto nada.

Kara! É teu filho seu animal vertebrado, bípede, aproveite para ensinar o certo, educação, de o exemplo pô!

Enfim este foi só mais um exemplo real da nossa sociedade e como alguns estão educando seus filhos.

Mas meu objetivo aqui hoje é solicitar que seja colocado placas e lixeiras em nossas estradas é muito ruim hoje você viajar e acumular lixo dentro do seu carro, muitas vezes é resto de comida ou algo que tenha cheiro, e só encontramos lixeiras nos postos de gasolina ou comércios e isso acaba facilitando para certos cidadães a jogar seus lixos janela a fora pelas estradas.

Pois numa dessas paradas na estrada para ver o pôr do sol, me deparei com restos de uma parada de outros, pois ali aos meus pés estava em boa quantidade, fraldas descartáveis, papel higiênico e restos de vários tipos de lixo, simplesmente soltos na beira da estrada, inclusive nem em sacolas estavam.

A falta de lixeiras não justifica tais ações eu sei, mas creio que muitos motoristas e viajantes de turismo ou não, devem sentir falta de lixeiras nas estradas.



Minha sugestão que seja colocado uma placa indicando que dentro de 500M haverá uma parada com LIXEIRAS, simples e que a cada tantos KM tenha uma parada com lixeira ai a questão da distância entre uma e outra deve ser estudado pelos engenheiros de trânsito e responsáveis.

Creio que seria uma forma ou mais uma, de educarmos nossos semelhantes e também estruturar nossas estradas.

Nem vamos falar sobre os pedágios que isso é outro absurdo e vergonhoso assunto.

Somos responsáveis por todo o lixo que geramos, cada um faz a sua parte e vamos fazer um descarte consciente de todo os lixos.



Recicle todo o lixo que puder a natureza agradece e o seu futuro e de seus filhos será mais limpo.

R.M.









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!