21 de ago de 2013

“Um leitor vive mil vidas antes de morrer, O homem que nunca lê só vive uma.”


"Um leitor vive mil vidas antes de morrer. 

O homem que nunca lê só vive uma."

A Guerra dos Tronos, George Martin.



     O italiano Massimo Bartolini ergueu uma biblioteca ao ar livre em Ghent, uma cidade medieval da Bélgica que foi batizado de "Bookyard", mas ele não é escritor ou amante da literatura, é um artista com ideias fantásticas a qual esta em especial eu adorei, achei estas imagens e uma pequena matéria na internet, não citarei os links pois foram vários, e é uma matéria fácil de achar referências na net.

      Imagine esta ideia tomar forma em algumas cidades do Brasil, isso pode ser feito em locais fechados também, pessoas ou empresas interessadas em compartilhar conhecimento, literatura e educação, pois a leitura é um grande aliado da educação, dos valores e da moral.

Imagens da Biblioteca ao ar livre












Simplesmente fantástico, esta ideia além de ser única é de grande benefício a todos os moradores e  ou visitantes do local, Parabéns!     

**********

      Sei que existem lugares tipo; “pub´s e café´s” onde disponibilizam para os seus fregueses uma variedade de livros e revistas para leitura no local durante seu consumo ou mesmo para aqueles que desejam ir ali só para a leitura, mas ainda são poucos os lugares que disponibilizam estes espaços, a cultura e informação a venda hoje é muito cara, somos um País que lê pouco e tem uma venda pequena de livros em relação livro x população.

**********

    Temos em Foz do Iguaçu o Centro de Altos Estudos da Conscienciologia -  (CEAEC). 


 Lá encontra-se a Holoteca ,coleções de coleções, uma biblioteca fantástica, estão expostos 691.115 itens entre objetos e livros escritos em 20 idiomas, provenientes de 54 países.


      


Lá também tem o  Holociclo onde mantém três coleções principais, em constante ampliação: a Lexicoteca, que reúne cerca de 5100 dicionários; a Hemeroteca, com mais de 417 mil recortes de jornais e revistas; a Encicloteca, com dezenas de enciclopédias. Fornecem suporte também às pesquisas do Holociclo outras 275 coleções de artefatos do saber do CEAEC.

     O acervo da Lexicoteca é composto de dicionários idiomáticos e sobre temas diversos: Biografias, Ciências, Etimologia, Psicologia, História, entre outras 848 áreas do saber. Para o levantamento de artigos, a Hemeroteca recebe jornais e revistas procedentes das principais capitais brasileiras e de vários países do exterior, totalizando mais de 650 coleções de periódicos diferentes.

     Também lá acontecem as Tertúlias são o curso de longo curso da Conscienciologia. Elas acontecem todos os dias, das 12h30 as 14h30, sendo gratuitas e abertas a todos os interessados.

Tertuliarium
      
     Para os interessados podem acessar as Tertúlias diretamente do site oficial: http://www.tertuliaconscienciologia.org e assistir on-line.

Mas pessoal não vou aprofundar mais sobre o CEAEC, quem tiver interesse acesse o site http://www.ceaec.org, o Prof. Waldo Vieira e todos os voluntários envolvidos sem dúvida contribuem muito com este projeto que hoje é muito vivo e só traz benefícios para todos.




     Se você tiver livros em casa e não os lê mais, não deixe que eles estraguem na prateleira ou naquela caixa onde irão mofar, empreste, doe, presentei alguém com um livro, mesmo usado, pois quem gosta de ler jamais irá se ofender ou não gostar de ganhar um livro mesmo este sendo usado.


DOE UM LIVRO, DOE VIDA!

     Incentive seus filhos a leitura, doe-se um tempo para sua leitura, escolha um livro e o leia, sente no seu quintal ou procure um, sente-se a baixo de uma árvore, sinta o universo e viaje na leitura, deixe-se levar, sofra, alegre-se, contemple e aprenda com a leitura e lembre;

“Um leitor vive mil vidas antes de morrer, O homem que nunca lê só vive uma.”


R.M.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!